Foi realizada nesta sexta-feira (1/9), na sede do CFMV, em Brasília (DF), a eleição para o triênio 2017/2020 do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV).

Em votação no segundo turno, foi eleito para a presidência do CFMV o médico veterinário Francisco Cavalcanti de Almeida, vice-presidente Luiz Carlos Barboza Tavares, secretário-geral Nivaldo da Silva e tesoureiro Hélio Blume. Para conselheiros efetivos Cícero Araújo Pitombo, João Alves do Nascimento Júnior, Wendell José de Lima Melo, Therezinha Bernardes Porto, José Arthur de Abreu Martins e Francisco Atualpa Soares Júnior. E conselheiros suplentes Wanderson Alves Ferreira, Fábio Holder de Morais Holanda Cavalcanti, Paula Gomes Rodrigues, Nestor Werner, Antonio Guilherme Machado de Castro e Irineu Machado Benevides Filho.

No entanto, por decisão da Justiça Federal está suspensa “a proclamação dos eleitos e os atos a ela posteriores” até julgamento de recursos que tramitam na Justiça Federal.

A Diretoria e os Conselheiros do novo triênio foram eleitos pelos delegados dos Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (CRMVs), por escrutínio secreto e maioria absoluta de votos. Na mesma reunião foram eleitos os conselheiros suplentes.

Saiba mais

O processo eleitoral é normatizado pela Resolução CFMV nº 955, editada a partir do poder regulamentar exclusivo e privativo conferido ao Conselho diretamente pelo artigo 16, ‘f’, da Lei nº 5.517, de 1968.

Fonte CFMV (acesso em 04/09/17)