Presidentes dos Conselhos Regionais falam sobre a CNP

Nos dias 15 e 16 de junho, presidentes e representantes de 26 Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (CRMVs), integrantes da diretoria e conselheiros do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) se uniram durante dois dias para a 2º Câmara Nacional de Presidentes (CNP), em Brasília (DF). Eles discutiram ações para unificar e fortalecer o Sistema CFMV/CRMVs e debater ações em benefício da Medicina Veterinária e Zootecnia.

Confira a opinião dos presidentes dos CRMVs

Fábio Pires de Moraes, presidente do CRMV-AC

“Acho que o evento foi fantástico, oportunidades como essa engrandecem a profissão, tiram dúvidas e fortalecem o sistema”.

Haruo Takatani, presidente do CRMV-AM

“Excelente. É importante pelas inúmeras informações apresentadas e discutidas que são importantes para a Medicina Veterinária e Zootecnia e outras ações que busca a unificação e o fortalecimento do sistema CFMV/CRMVs”.

José Renato Ribeiro, presidente do CRMV-AP      

A CNP tem um papel essencial nos debates que norteiam as pautas nacionais da Medicina Veterinária e da Zootecnia”.

Altair Santana de Oliveira, presidente do CRMV-BA         

“A CNP é um importante fórum de discussão das atividades do Sistema que o CFMV e os presidentes dos regionais celebram e que impactam nas decisões e no aperfeiçoamento das Resoluções elaboraras pelo CFMV ou nas tomadas de decisão da Diretoria. Portanto, na minha opinião, a CNP é uma celebração Técnica, Administrativa, Jurídica, Científica sobre as atividades institucionais do Sistema para a regular fiscalização do exercício profissional, em proteção à sociedade”.

Francisco Atualpa S. Júnior, presidente do CRMV-CE      

“A CNP congrega o Sistema e aproxima os regionais, possibilitando o avanço das discussões e regulamentação de temas críticos que precisam de normatização para que as profissões possam ser exercidas de forma plena e segura” .

Virginia Teixeira do Carmo Emerich, presidente do CRMV-ES

“A interação com os regionais, bem como o conhecimento das distintas realidades aliadas as experiências exitosas que cada um trazem com suas contribuições, é extremamente salutar para oxigenação do sistema e o despertar de novas formas de fazer!”

Rafael Costa Vieira, presidente do CRMV-GO

“A CNP é uma excelente oportunidade para conhecer as particularidades e os anseios de cada região do país, sendo essencial para harmonizar as ações do sistema CFMV/CRMVs e propor estratégias. Na CNP, nós, conselhos regionais, juntamente com o CFMV, trocamos experiências, compartilhamos dores e conquistas, possibilitando ligar um alerta sobre as ações que devemos tomar para implementar um trabalho que resultará em prestação de serviço de qualidade à sociedade”.

Nazaré Fonseca de Souza, do presidente da CRMV-PA  

“A segunda CNP, que pra mim foi a primeira presencial, me trouxe muito ganho de conhecimento dos CRMVs. Os grupos de trabalho como um todo, contribuíram de forma importante para o andamento dos assuntos de alta relevância ao sistema, bem como os anseios e trocas de experiência entre os Presidentes dos Regionais. A Câmara foi de extrema importância pela troca de experiência e aprendizado”.

Valéria Rocha Cavalcanti, presidente CRMV-PB    

“As câmaras nos dão oportunidades de discutimos assuntos das profissões da Medicina Veterinária e Zooctecnia, uniformizar demandas e trocar experiências entre os regionais e fortalecer o sistema CFMV/CRMVs”.

Anisio Ferreira Lima Neto, presidente do CRMV-PI             

“A CNP é um instrumento para promover o nivelamento das ações do sistema CFMV/CRMVs”.

Raimundo Alves Barreto, presidente do CRMV-RN

“A coisa mais gratificante dessa Câmara de Presidentes é ver todo o Sistema CFMV/CRMVs buscando melhorar suas ações para os profissionais (Médicos Veterinários e Zootecnistas) e para sociedade”.

Licério Corrêa S. Magalhães, presidente do CRMV-RO   

“Rondônia participa da Câmara Nacional de Presidentes, onde foram dois dias muito gratificante, saber o tão grande está o comprometimento do CFMV com diversos assuntos que estão sendo tramitando nos GTs”.

José Ricardo Soares da Silva, presidente do CRMV-RR  

 “Foram três dias onde todos os presidentes puderam tratar de assuntos inerentes à realidade de cada Regional, buscando melhorias e unificação do Sistema”.

Marcos Vinicius de O. Neves, presidente do CRMV-SC   

“A retomada da CNP de forma híbrida favoreceu o aprofundamento no debate dos principais temas relacionados ao sistema e também a participação daqueles presidentes e convidados que não puderam estar presentes. O acompanhamento do trabalho das Câmaras técnicas, Grupos de trabalho e os setores administrativos do CFMV é fundamental para direcionar o trabalho dos regionais e atender aos anseios de todos os profissionais médicos veterinários e zootecnistas. Dessa forma, a diretoria do CFMV mostra disposição em cumprir os compromissos firmados com os regionais na busca do fortalecimento da medicina veterinária e zootecnia do nosso país”.

Mário Eduardo Pulga, presidente do CRMV-SP     

” Winds of change : Ventos de mudança. Estou muito satisfeito com os caminhos que o Conselho Federal está tomando, com as mudanças propostas, rumo a modernidade”.

Márcia Helena da Fonseca, presidente do CRMV-TO       

“Com certeza a Câmara Nacional de Presidentes nos traz um alinhamento das ações a serem traçadas para uma melhor execução no cumprimento da missão do Sistema”.

Assessoria de Comunicação do CFMV