O presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), Benedito Fortes de Arruda, esteve presente no encerramento do I Curso de Atualização em Saúde Pública com Ênfase na Atuação do Médico Veterinário no Núcleo de Apoio à Saúde da Família, realizado no último dia 3, em João Pessoa (PB). O evento marcou o último dia do curso, que teve início em 7 de outubro e foi ofertado pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Paraíba (CRMV-PB).

Arruda agradeceu o convite do CRMV-PB, e, em seu discurso aos participantes, lembrou que a Medicina Veterinária é uma extensão e expansão extremamente grande. “A cada dia que passa vamos descobrindo outras atividades que o Médico Veterinário desenvolve”, diz. O Presidente do CFMV também ressaltou a importância da valorização da profissão, que tem grande relevância para a Saúde Única. “Não temos como dissociarmos a saúde humana da animal e ambiental”, resumiu.

Domingos Lugo, presidente do CRMV-PB, agradeceu a presença de Benedito Arruda e de todos os participantes, e ressaltou a importância desse primeiro curso. Ele salientou, ainda, que espera que os grupos formados ao longo do curso viabilizem a inserção dos médicos veterinários no mercado de trabalho, para desempenhar a importante função do médico veterinário na Saúde Única.

O curso de atualização foi dividido em quatro módulos, realizados ao longo de dois meses. A capacitação teve como público-alvo profissionais da Medicina Veterinária e graduandos a partir do 8º período do curso. O conteúdo programático propôs, em seus objetivos, que os profissionais fossem aptos a: entender políticas públicas em saúde, elaborar tecnicamente um diagnóstico de risco, e desenvolver ações junto ao NASF.

Daniel Brandespim, ministrante dos módulos I e II do curso, acredita que o grande diferencial oferecido pela capacitação ao profissional é o entendimento da importância do NASF no contexto do SUS, não só em relação à sua relevância para a saúde da comunidade, mas também em relação às contribuições que o médico veterinário pode oferecer às equipes multiprofissionais em saúde atuantes no NASF.

Além do benefício à comunidade, o médico veterinário que atua no NASF pode realizar diagnósticos de situação com os demais profissionais de saúde que atuam na equipe de saúde da família, contribuindo, desta forma, para a implantação das políticas de educação permanente em saúde no seu município de atuação e com a saúde da população.

Com informações da assessoria de Comunicação do CRMV-PB

Fonte CFMV (matéria acessada em 09/12/16)