Com 33 anos de experiência como pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) Gado de Corte, o médico-veterinário Cláudio Roberto Madruga foi eleito para receber o Prêmio Paulo Dacorso Filho 2020. Indicado pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Mato Grosso do Sul (CRMV-MS), Madruga foi selecionado pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) devido aos relevantes serviços à ciência veterinária e ao desenvolvimento agropecuário do país. Ao longo de sua trajetória, publicou 68 artigos em periódicos, 134 resumos em anais de congresso, tem 29 trabalhos apresentados, um livro publicado e é coautor de outros 15.

“A premiação, ainda que individual, significa o reconhecimento do nosso grupo e das instituições nas quais realizamos os nossos trabalhos de pesquisa e desenvolvimento para a pecuária, bem como a difusão do conhecimento científico, de cidadania e ética nos cursos de graduação e pós-graduação de Medicina Veterinária. Essa distinção nos impulsiona ainda mais a trabalhar pela ciência veterinária e pela saúde animal, humana e o bem-estar social”, celebra Madruga.

Doutor em Parasitologia Veterinária pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Madruga também se dedicou à docência, participando de 26 bancas de mestrado e 17 de doutorado. Foi professor orientador do curso de doutorado em Biologia Parasitária do Instituto Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, e do mestrado em Imunologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Também foi orientador na graduação e no mestrado profissional de Medicina Veterinária da Universidade para o Desenvolvimento do Ensino e Região do Pantanal (Uniderp), além de professor visitante do mestrado em Produção Animal da Faculdade de Veterinária da UFBA.

“O Prêmio Professor Paulo Dacorso Filho honra e dignifica ainda mais a profissão exercida por nós, médicos-veterinários. Por essa razão, é com imensa alegria e orgulho que recebo essa outorga”, acrescenta o premiado.

Veja o Currículo Lattes do premiado.

Prêmio

Instituído pela Resolução CFMV nº 677, de 14 de dezembro de 2000, o Prêmio Paulo Dacorso é concedido a médico-veterinário que tenha realizado relevantes serviços à ciência veterinária e ao desenvolvimento agropecuário do Brasil. Confira todos os agraciados.

O nome homenageia o médico-veterinário Paulo Dacorso Filho, que dedicou sua carreira às principais causas da Medicina Veterinária e do CFMV, do qual foi integrante. Formado pela Escola Nacional de Veterinária da Universidade Rural do Brasil, em 1934, fez parte de várias associações e sociedades. O título de mestre em Patologia foi concedido pela Universidade do Wisconsin, nos Estados Unidos, em 1947. Como professor, lecionou em instituições do Rio de Janeiro, da Bahia e do Rio Grande do Sul. Publicou cerca de 70 artigos científicos e ocupou cargos em respeitadas instituições.

Assessoria de Comunicação do CFMV