05 de outubro de 2015

Os impactos e consequências do tráfico de animais selvagens foram apresentados a estudantes e profissionais de Medicina Veterinária e Zootecnia nesta quinta-feira (1), em Palmas (TO). A médica veterinária Débora Ferreira, integrante da Comissão Nacional de Animais Selvagens do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CNAS/CFMV) proferiu palestra durante o XV Encontro dos Médicos Veterinários e Zootecnistas, organizado pelo CRMV-TO.

Débora Ferreira falou sobre os prejuízos do tráfico de animais para a biodiversidade, relatou os maus tratos que ocorrem na captura e transporte dos animais traficados e a importância da atuação profissional na responsabilidade técnica em animais selvagens. A Campanha Nacional de Combate ao Tráfico de Animais Selvagens do CFMV também foi citada.

“Debatemos a importância da Comissão Nacional de Animais Selvagens, das comissões equivalentes nos Conselhos Regionais e também da oferta de disciplinas específicas nessa área pelas Universidades”, afirmou Débora Ferreira.

O tema despertou a curiosidade e o entusiasmo dos futuros profissionais. “Os estudantes questionaram como buscar especialização e demonstraram interesse fazer estágio na área de animais selvagens”, destacou.

Mais de 160 pessoas acompanharam a palestra que também abordou a necessidade de um olhar voltado para o desenvolvimento sustentável, atendendo as necessidades do presente com equilíbrio e respeito às limitações dos recursos naturais.

O Tocantins tem papel fundamental para o agronegócio brasileiro, com produção de agrícola que cresce a cada ano e rebanho bovino de mais de 8 milhões de animais.

“Foi muito importante abordar essa temática, pois ainda existe pouca formação especializada na área”, afirma Débora Ferreira.

Assessoria de Comunicação do CFMV