Dentro de dez dias,  todos os estabelecimentos veterinários do país já deverão estar seguindo as novas normas criadas pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), após ampla consulta pública realizada com os profissionais da área. Trata-se da Resolução CFMV 1.015/2012, que conceitua e estabelece as condições para o funcionamento de  hospitais,  clínicas, ambulatórios e consultórios veterinários de atendimento a pequenos animais.  As novas regras começam a valer na quinta-feira que vem (15/01).

Diferença conceitual entre os estabelecimentos veterinários
– Hospitais Veterinários:  estabelecimentos capazes de assegurar assistência médico-veterinária curativa e preventiva aos animais, com atendimento ao público em período integral (24 horas), com a presença permanente e sob a responsabilidade técnica de médico veterinário

– Clínicas Veterinárias: estabelecimentos destinados ao atendimento de animais para consultas e tratamentos clínico-cirúrgicos, podendo ou não ter cirurgia e internações, sob a responsabilidade técnica e presença de médico veterinário.

– Consultórios Veterinários: estabelecimentos de propriedade de Médico Veterinário destinados ao ato básico de consulta clínica, curativos, aplicação de medicamentos e vacinações de animais, sendo vedada a realização de procedimentos anestésicos e/ou cirúrgicos e a internação.

– Ambulatórios Veterinários:  dependências de estabelecimentos comerciais, industriais, de recreação ou de ensino onde são atendidos os animais pertencentes exclusivamente ao respectivo estabelecimento, para exame clínico e curativos, com acesso independente, vedada a realização de procedimentos anestésicos e/ou cirúrgicos e a internação

Condições de funcionamento dos estabelecimentos veterinários
Acesse aqui a íntegra da Resolução CFMV 1.015/2012 para se inteirar como devem funcionar hospitais,  clínicas, ambulatórios e consultórios veterinários de atendimento a pequenos animais.

Assessoria de Comunicação do CFMV