03 de junho de 2016

Há cada vez mais médicos veterinários e zootecnistas preocupados em atuar de forma sustentável, pensando no manejo racional dos recursos e nos benefícios gerados aos animais, ao homem e ao meio ambiente.

No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado em 5 de junho, o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) ressalta a importância dos profissionais no trabalho em busca de uma Saúde Única, com baixo impacto ambiental.

Pensando nisso, o CFMV irá promover o I Seminário Nacional sobre o papel do Médico Veterinário e Zootecnista na área ambiental, nos dias 7 e 8 de junho, em Cuiabá (MT).

O evento traz como preocupação a sustentabilidade na produção de alimentos de origem animal e irá promover uma união de saberes em prol do meio ambiente. Serão trabalhados temas que incluem as legislações ambientais vigentes, o impacto das mudanças climáticas nas zoonoses, empregos verdes, o impacto do descarte de resíduos para o meio ambiente e o impacto dos agrotóxicos para a saúde animal.

A preocupação com a capacitação e qualificação dos profissionais interessados na área ambiental também será trabalhada no Seminário, pensando sempre na atuação multiprofissional e integrada.

E defendendo uma atuação unificada no Sistema CFMV/CRMVs, será promovido em seguida, nos dias 9 e 10 de junho, o I Fórum das Comissões Nacional e Regionais de Meio Ambiente. As comissões estarão reunidas em Cuiabá para trabalhar temas ambientais que impactam a Medicina Veterinária e a Zootecnia, como o uso consciente da água na produção.

A ideia do encontro é gerar convergência e troca de conhecimentos na atuação profissional de cada estado, além de estimular outros Conselhos Regionais de Medicina Veterinária a formarem comissões de meio ambiente.

O CFMV ressalta, com os eventos, a necessidade de fortalecer e expandir o conhecimento de médicos veterinários e zootecnistas sobre as possibilidades de atuação na área ambiental.

Sobre a data

O dia 5 de junho é marcado pelas comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente. A data foi estabelecida em 1972 pela Assembleia Geral das Nações Unidas, durante a Conferência de Estocolmo, na Suécia. Foi durante esta conferência que foi aprovado o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.

Assessoria de Comunicação do CFMV