A importância de uma gestão eficiente dos negócios como, por exemplo, de clínicas veterinárias, foi um dos assuntos discutidos durante o 36º Congresso Brasileiro da Associação dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (ANCLIVEPA), em Porto Seguro (BA), realizado de 20 a 22 de maio.

“A busca da melhoria do conhecimento e do desempenho profissional é importante para o sucesso na profissão. Para empreender não basta só conhecer o aspecto técnico-científico, é necessário buscar conhecimentos em outras áreas. Vivemos uma nova era e sobrevive o profissional que está preparado para enfrentar possíveis adversidades, daí a importância de diálogos como esse”, afirma o presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária.

Responsável pela palestra “Gestão financeira: o pulo do gato”, a Dra Cássia Almeida alertou os participantes sobre a necessidade de acompanhar diretamente os indicadores financeiros da empresa, como lucratividade e rentabilidade. “O médico veterinário não pode ter medo de inovar. É preciso oferecer novas experiências para o cliente para que ele seja fiel e confie o tratamento de bicho de estimação  ao seu estabelecimento”, afirma Almeida.

Além de administração e marketing, o Congresso discutiu temas nas áreas de dermatologia, oftalmologia, hematologia, neurologia e odontologia.  Participaram do evento mais de 2 mil médicos veterinários e estudantes de Medicina Veterinária de todo o país e 60 palestrantes.

A anestesia em animais com câncer foi o assunto da palestra do médico veterinário Stelio Paca Luna. Ele ressaltou a importância de uma avaliação pré-anestésica bem feita para diagnosticar as alterações orgânicas do animal e de um acompanhamento no pós-operatório.

A área de oncologia foi a que mais interessou ao médico veterinário Wanderlon Camões de Feira de Santana (BA).  “É importante saber o que tem de novidade, novas técnicas, novos equipamentos. Aprendendo isso me ajuda a ser valorizado como profissional”, afirma Camões.

Para a estudante Amanda Carloni da Universidade Federal da Bahia as palestras trazem novidades que serão importantes para que ela tenha sucesso na carreira. “Quero estar preparada para, na clínica de pequenos animais, lidar não só com o físico, mas com o emocional dos pacientes”, afirma.

As novidades em tomografia computadorizada de tórax e as vantagens em relação ao raio-X foi o assunto da palestra da médica veterinária Ana Carolina Brandão Fonseca.

Diagnóstico por imagem é uma das áreas que interessam ao estudante Antônio Júnior, da Universidade Federal da Bahia. “Quero trabalhar com pequenos e grandes animais, vim em busca de conhecimento e de contato com outros médicos veterinários para saber as peculiaridades do trabalho de cada um”, afirma Júnior.

“O Congresso da Anclivepa  reúne um número expressivo de palestrantes de altíssimo nível de conhecimento. As pessoas adquirem novos conhecimentos nas diversas áreas da clínica veterinária”, afirma o presidente da ANCLIVEPA Brasil e secretário-geral do CFMV, Marcello Roza.

 Assessoria de Comunicação do CFMV