Por reconhecer a importância do médico-veterinário para a Saúde Única: saúde humana, saúde animal e saúde ambiental, o Ministério da Saúde (MS) requisitou o cadastro de 140 mil médicos-veterinários brasileiros ao Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), que poderão ser recrutados para trabalhar no Sistema Único de Saúde (SUS), em todo País, no enfrentamento do novo coronavírus (SARS-Cov-2).

O CFMV atendeu ao pedido do ministério cumprindo a Lei Federal nº 13.979, de 6 de fevereiro de 2020, sobre as medidas para enfrentamento da emergência de Saúde Pública da Covid-19. Em seu artigo 3º, inciso VII, a lei dispõe que as autoridades, dentro de suas competências, poderão requisitar bens e serviços de pessoas naturais e jurídicas.

Diante desta medida, a pedido do Ministério da Saúde, comunicamos a todos os Médicos Veterinários registrados no Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Paraíba (CRMV-PB), que realizem o preenchimento do formulário eletrônico Registra RH –  https://registrarh-saude.dataprev.gov.br, disponibilizado pelo Ministério da Saúde, por meio da Portaria nº 639, publicada nesta quinta-feira (2), no Diário Oficial da União.

O CRMV/PB ressalta a importância da participação de todos os Médicos Veterinários, neste momento delicado que o País enfrenta.

Para saber mais sobre essa solicitação do Ministério da Saúde assista ao vídeo da presidente do CRMV/PB, Méd. Vet. Valéria Cavalcanti.

Perguntas e respostas com as principais dúvidas acesse aqui.

Leia mais

Para enfrentar coronavírus, Ministério da Saúde solicita dados de médicos-veterinários ao CFMV

Assessoria de Comunicação do CRMV-PB, com informações da Ascom do CFMV e CRMV-RJ