Médicos-veterinários contam, a partir de agora, com mais uma especialidade: a Medicina Veterinária do Coletivo. Diretores e conselheiros autorizaram, por unanimidade, o Instituto de Medicina Veterinária do Coletivo (MVC/ITEC) a emitir de título de especialista. A decisão ocorreu na 346ª Sessão Plenária Ordinária do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), realizada semana passada (28/4), por videoconferência (híbrida), e a resolução será publicada em breve no Diário Oficial da União (DOU).

A Medicina Veterinária do Coletivo (MVC) nasceu do manejo populacional humanitário e sustentável de cães e gatos em áreas urbanas, pois, durante muito tempo, os animais eram capturados e eliminados. “A especialidade  junta a Medicina Veterinária de Abrigos, saúde coletiva e Medicina Veterinária Legal, abordando questões referentes às interações humano, animal e meio ambiente e a promoção de relações harmônicas entre eles”, explica o conselheiro efetivo do CFMV Marcelo Teixeira, relator do processo.

Durante a reunião, o pleno autorizou a prorrogação do prazo de credenciamento da Sociedade Brasileira de Cardiologia Veterinária (SBCV) por mais 12 meses. Ele também analisou processos administrativos e de tomadas de contas, boletim financeiro, prestação de contas e aprovaram a Resolução nº 1.391/2021, que prorroga a data de entrega da prestação de contas e do relatório de gestão do exercício de 2020 pelos Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (CRMVs).

A reformulação orçamentária do Acre e as prestações de conta dos regionais do Amazonas e Sergipe também foram validadas, por unanimidade, pelos diretores e conselheiros.

Nominata

Como representantes da diretoria, participaram o presidente do CFMV, Francisco Cavalcanti de Almeida; a vice-presidente, Ana Elisa Fernandes de Souza Almeida; o secretário-geral, Helio Blume; e o tesoureiro, José Maria dos Santos Filho.

Completaram o grupo os conselheiros efetivos Célio Pires Garcia, Júlio Cesar Rocha Peres, Marcelo Weinstein Teixeira, Marcílio Magalhães Vaz de Oliveira, Olízio Claudino da Silva e Paulo de Araújo Guerra. Dos conselheiros suplentes, compareceu Wirton Peixoto Costa.

Assessoria de Comunicação do CFMV