Home/Notícias/Médica-veterinária de Goiânia é a primeira mulher a receber o título de pesquisadora emérita do CNPQ

Médica-veterinária de Goiânia é a primeira mulher a receber o título de pesquisadora emérita do CNPQ

A médica-veterinária e professora Dra. Ekaterina Akimovna Botovchenco Rivera (CRMV-GO 0406), presidente da Comissão de Bem-estar Animal do CRMV-GO, receberá o Título de Pesquisadora Emérita do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), edição 2019.


Foto: Ascom UFG

O título é concedido pelo CNPQ, desde 2005, a pesquisadores que prestaram relevantes contribuições para o país. A premiação é conferida pelo conjunto de sua obra científico-tecnológica e por seu renome junto à comunidade científica. A professora Ekaterina entra, como médica-veterinária, para uma lista que até este ano era composta somente por homens. Ela será a primeira mulher a receber o título de pesquisadora emérita na Medicina Veterinária.

Ekaterina é natural de São Francisco de Paula, no Rio Grande do Sul. Ela se mudou para Goiás em 1979, depois de morar por um período em Mato Grosso e na Inglaterra. Logo que chegou em Goiás, já ingressou na Universidade Federal de Goiás (UFG). Viúva do médico-veterinário Guillermo Rivera, falecido em 2014, ela tem quatro filhos.

A presidente da Comissão de Bem-estar Animal do CRMV-GO ficou extremamente honrada com a notificação do prêmio, um reconhecimento por todo trabalho na área de ciência em animais de laboratório, segmento que nunca foi tão valorizado dentro do cenário da ciência, segundo ela. “Espero fazer jus ao prêmio como sempre me dediquei a esse trabalho durante toda minha carreira”.

 A cerimônia de entrega do título está prevista para o mês de maio, no Rio de Janeiro.

Fonte Curtamais

2019-03-12T13:58:24+00:00 12/03/2019|Notícias|