Carnaval é uma festa popular esperada por muitos foliões, uma verdadeira maratona. A quem goste de correr atrás do trio, desfilar em escolas de samba, curtir blocos de rua, dependendo do Estado existem até as festas pré-carnavalescas, enfim roteiro traçado, fantasia na mão é hora de aproveitar.

Mas você já pensou quais os cuidados que deve ter com a alimentação, geralmente realizadas na rua?

Churrasquinho, cachorro-quente, frituras são opções que mais encontramos nas ruas, porém é importante ficar atento aos cuidados de higiene com os alimentos, “além de observar os cuidados com refrigeração, armazenamento e manipulação dos alimentos, deve-se procurar locais apropriados e que possuam licença para vender alimentos e bebidas”, ressalta a Médica Veterinária Valéria Rocha, presidente da comissão regional da saúde pública veterinária do CRMV-PB.

Relacionamos abaixo algumas dicas importantes para você aproveitar o seu carnaval.

– Gelo deve ser em cubos, nunca em pedaço e/ou escamas;

– Lavar as mãos sempre antes de ingerir qualquer alimento. Caso esteja em locais que não tenham lavatórios, fazer o uso do álcool gel se torna fundamental;

– Não ingerir alimentos crus ou mal cozidos;

– Alimentos devem ser armazenados em depósitos plásticos com tampa, pois assim estarão menos propensas à contaminação;

– Cachorro-quente, a salsicha ou a carne devem estar sempre no fogo ligado;

– Churrasquinho deve sair da chapa direto para o consumo. Atenção! Nunca consuma churrasquinho se os espetos apresentaram aspectos que já foram utilizados;

– Evitar alimentos já prontos e expostos;

– Molhos como ketchup, maionese ou mostarda devem ser evitados, a menos se estiverem em embalagens invioláveis, tais como saches;

– Data de validade  é importante observar rótulos, condições das embalagens e procedência dos produtos, sejam bebidas ou comidas.

Assessoria de Comunicação CRMV/PB