O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão autorizou a realização de um concurso público para a seleção de 300 médicos veterinários para o cargo de auditor fiscal federal agropecuário. A realização do processo seletivo ficará a cargo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que deve definir em até seis meses os termos do certame, por meio de edital. As informações estão nas Portarias nº 231 e 232, publicadas nesta quarta-feira (19).

As vagas são de caráter temporário, e têm o objetivo de “atender necessidade temporária de excepcional interesse público”. A contratação provisória de médicos veterinários foi solicitada pelo Mapa no final de junho, como uma medida para contemporizar o problema criado pela necessidade de contratar auditores fiscais até a realização de um concurso público para aumentar o quadro da categoria.

Os médicos veterinários aprovados no concurso serão contratados para atuar nas atividades de inspeção ante mortem e post mortem nos turnos de abate na produção de carnes. O prazo dos contratos deverá ser de até um ano, prorrogável até o fim do limite de dois anos, contados a partir da homologação do processo seletivo.

O certame deve ser realizado como processo seletivo simplificado, e a remuneração dos profissionais a serem contratados ainda será definida.

Fonte CFMV (matéria acessada em 19/07/17)