Segundo o major Tibério Leite, comandante do batalhão, foram três ações na Grande João Pessoa que resultaram nas apreensões dos crustáceos.

Cerca de 2.100 mil caranguejos da espécie Ucides Cordatus, popularmente conhecido como caranguejo-uçá foram soltos, nesta sexta-feira (9), pelo Batalhão de Polícia Ambiental da Paraíba, em áreas de mangue na região metropolitana de João Pessoa. Os animais haviam sido apreendidos na quinta-feira (8) e seriam vendidos ilegalmente em feiras livres.

Segundo o major Tibério Leite, comandante do batalhão, foram três ações na Grande João Pessoa que resultaram nas apreensões dos crustáceos. Uma pessoa foi autuada e vai responder por crime ambiental.

“A captura e a comercialização do caranguejo-uçá estão proibidas até este domingo (11). Aumentamos a fiscalização e conseguimos apreender os animais vivos e soltamos em área de manguezal”, falou o major.
Ainda de acordo com o comandante, as apreensões visam proteger a reprodução dos animais que, nesta época do ano, se deslocam pelos manguezais para acasalamento e liberação de ovos.

Portal Correio