14 de maio de 2015

Para melhorar a eficiência do Simples o governo busca apoio ao projeto que revisa as tabelas de arrecadação. O PL 448/14 prevê a substituição das atuais 20 faixas de tributação para sete, além de reajustar o teto do Simples para R$ 7,2 milhões nas empresas do setor de comércio e R$ 14,4 milhões nas indústrias.

As discussões podem resultar em medidas que motivem o reenquadramento, beneficiando médicos veterinários ligados à micro e pequena empresa que hoje estão enquadrados numa tabela com alíquotas mais altas.

O ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, Guilherme Afif Domingues vai percorrer 11 capitais para debater o projeto de lei com deputados, senadores e representantes de diversas federações, associações, sindicatos e entidades ligadas à micro e pequena empresa.

Os encontros também devem servir para produção de um relatório sobre a necessidade dos micro e pequenos empresários brasileiros, reorganizando e simplificando a metodologia de apuração do simples nacional.

Confira as datas dos encontros:

Data Local
18/05 Belo Horizonte (MG)
25/05 São Paulo (SP)
01/06 Florianópolis (SC)
02/06 Vila Velha (ES)
08/06 Rio de Janeiro (RJ)
09/06 Belém (PA)

Assessoria de Comunicação do CFMV com informações da Secretaria da Micro e Pequena Empresa