Membros do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado da Paraíba (CRMV-PB) estiveram reunidos na tarde de ontem (24/05) com o Secretário de Saúde, Fábio Rocha e o coordenador de imunização Fernando Virgulino, ambos do município de João Pessoa, para tratar da vacinação da Covid-19 para os médicos veterinários.

Na ocasião o secretário falou que entende que os médicos veterinários deveriam ser vacinados porque são profissionais de saúde e que em janeiro de 2021 foi iniciada a vacinação destes profissionais, conforme ofício nº 08/2021/DEIT/DT/SVS/MS de 18 de janeiro de 2021, porém com a publicação do Ofício Circular nº 57/2021/SVS/MS de 12 de março de 2021, que exclui os médicos veterinários, a vacinação foi suspensa a pedido do Ministério Público (MP).

O coordenador também foi categórico em entender que esses profissionais deveriam ser vacinados por estarem trabalhando em prol da saúde pública, independente de atuarem em clínicas, reconhecendo a importância dos profissionais no combate as zoonoses, mas após determinação e fiscalização do MP a vacinação teve que ser suspensa não só para os médicos veterinários como também para outros grupos incluídos na área de saúde, conforme Resolução nº 287 de 08 de outubro de 1998.
O secretário se comprometeu em levar a discussão ao Comitê Intergestores Bipartite (CIB) a imediata inclusão dos veterinários nos grupos prioritários de vacinação.

No último dia 20/05 foi publicado a matéria na qual o Ministério da Saúde promete corrigir ofício e priorizar médicos veterinários na vacinação contra a covid-19, resultado da ação conjunta do Sistema CFMV/CRMVs. “Aguardamos ansiosos essa correção e enquanto isso faremos o que for necessário para que os médicos veterinários sejam vacinados”, finaliza a Méd Vet. Valéria Rocha, presidente do CRMV-PB.

Participaram da reunião também o secretário geral, Méd. Vet. Adriano Fernandes e o assessor jurídico Alexandre Cavalcanti, ambos do CRMV-PB.