A Comissão Nacional de Educação em Zootecnia (CNEZ) do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) teve a primeira reunião de sua nova gestão realizada entre os dias 22 e  24 de abril, na sede do CFMV.  A CNEZ é formada pelos zootecnistas Elis Aparecido Bento, Adriana Evangelista Rodrigues, José Ribamar Felipe Marques, Angélica Pereira dos  Santos Pinho e Ulysses Cecato.

Os desdobramentos do planejamento estratégico para o próximo triênio, elaborado durante o II Workshop Única Voz, realizado no final de março, foram pauta do encontro.  “Tivemos  avanços, boas discussões e no geral o debate evoluiu muito bem. Foram três dias produtivos e intensos, em que nos sentimos acolhidos pelo Conselho Federal”, afirmou o presidente  da CNEZ, Elis Aparecido Bento.

Para Bento, o V Seminário Nacional de Educação da Zootecnia será o primeiro grande projeto encabeçado pela Comissão. O evento será realizado em Fortaleza (CE), nos dias 27 e 28  de maio, como parte do XXV Congresso Brasileiro de Zootecnia, o Zootec. O V Seminário terá como objetivo criar um espaço de integração e discussão sobre o ensino de Zootecnia  no Brasil, com ênfase na formação profissional.

No segundo semestre de 2015, outro projeto da Comissão será o V Fórum das Comissões Nacional e Regionais de Educação em Zootecnia, que conta com representantes de todos os Conselhos Regionais de Medicina Veterinária.

Outros temas debatidos durante o encontro foram as especialidades da profissão e a finalização da 2ª edição da Sinopse Estatística dos Cursos de Graduação em Zootecnia no Brasil, publicação que será lançada em breve pelo CFMV.

Próximo encontro

A próxima reunião da CNEZ deve ocorrer em junho deste ano. Segundo o presidente da Comissão, dois temas principais serão discutidos: os 50 anos da Zootecnia, celebrados em 2016, e o projeto relacionado às competências humanísticas no ensino da Zootecnia. “Queremos começar a pensar no desenvolvimento de um novo modelo de ensino, a exemplo do que a Medicina Veterinária já vem fazendo e tem implantado em algumas Instituições de Ensino”, explica Elis Aparecido Bento.

Para o presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda, a busca da qualidade de ensino na Zootecnia é fator fundamental para o CFMV. “Com certeza o trabalho da CNEZ terá bons frutos, principalmente com a implantação do programa humanístico nas Instituições de Ensino Superior de Zootecnia”, conclui Arruda.

 CFMV