O Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde (DEIDT/MS) recebeu um dossiê contendo todas as solicitações de vacinação dos médicos-veterinários contra a covid-19 encaminhadas, até o momento, pelo Sistema Conselhos Federal e Regionais de Medicina Veterinária (CFMV/CRMVs) a governos estaduais, prefeituras e secretarias estaduais e municipais de saúde. A documentação foi entregue pessoalmente, na manhã de quinta-feira (13), pelos médicos-veterinários Ana Elisa Almeida, vice-presidente, e José Filho, tesoureiro do CFMV.

O departamento se comprometeu em despachar com os setores responsáveis pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO) e pelo Plano Nacional de Imunizações (PNI) para ratificar o cumprimento legal dos planos e a inclusão dos médicos-veterinários na vacinação prioritária.

Pela segunda vez no Ministério da Saúde para tratar do assunto, a vice-presidente aproveitou a oportunidade para reiterar que a Resolução nº 287 do Conselho Nacional de Saúde (CNS) desde 1998 reconhece os médicos-veterinários como profissionais da saúde, sem nenhuma separação de área de atuação e, por isso, eles estão contemplados no PNI. “Não tem por que não vacinar todos os médicos-veterinários em todo o território nacional e o Ministério da Saúde está convicto de que o PNI tem de ser cumprido”, enfatizou Ana Elisa.

Leia também:

No Ministério da Saúde, CFMV pede prioridade para imunização de médicos-veterinários contra a covid-19

Ofício do CFMV ao Ministério da Saúde reitera solicitação para vacinação de todos os médicos-veterinários contra a covid-19

CFMV