20 de maio de 2016

A Biodiversidade é considerada a base para a vida na Terra. Pensando nisso, o tema escolhido em 2016 pela Organização das Nações Unidas (ONU) para celebrar o Dia Internacional da Biodiversidade, no dia 22 de maio, é “Integração da Biodiversidade: Sustentar Pessoas e seus meios de Subsistência”. O tema traz a ideia de que a garantia do bem-estar humano e dos demais seres está diretamente ligada à preservação da diversidade biológica.

O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) defende essa ideia por meio da atuação dos profissionais dentro de uma Saúde Única, que engloba animais, homens e o meio ambiente. Dentro da preocupação com a Saúde Única, os médicos veterinários além de guardiões da sanidade animal, agentes da saúde pública, são também gestores ambientais em áreas ligadas ao desenvolvimento sustentável.

Para o CFMV, olhar o todo é fundamental para garantir níveis excelentes de saúde e preservar a Biodiversidade do planeta.

Uma iniciativa conjunta que abrangeu diversos setores, regiões e comunidades do Brasil e contou com a participação do CFMV foi a Lei da Biodiversidade (13.123/2015), sancionada em 2015 e regulamentada em maio deste ano. O documento foi construído ao longo de um ano. A normativa tem como objetivo compatibilizar o acesso à biodiversidade, sua pesquisa e exploração econômica com a garantia da repartição de benefícios gerados e respeito aos direitos das comunidades.

O decreto também regulamentou o Conselho de Gestão do Patrimônio Genético, com regras para o acesso à biodiversidade e repartição de benefícios, além de definição de infrações e sanções administrativas.

O Portal da Biodiversidade, iniciativa do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), reúne informações úteis para pesquisadores, estudantes, curiosos e profissionais que trabalham com as diferentes espécies.

Na ferramenta é possível fazer a pesquisa, visualização, download e análise de registros dos bancos de dados de biodiversidade atualmente disponíveis. O visitante também acompanha, na tela inicial, em tempo real, os dados sobre o registro de espécies ameaçadas.

Sobre o Dia Internacional da Biodiversidade

O Dia Internacional da Biodiversidade foi criado pela ONU em 22 de maio de 1992.

A data é uma homenagem ao dia em que foi aprovado o texto final da Convenção da Diversidade Biológica, chamado: “Nairobi Final Act of the Conference for the Adoption of the Agreed Text of the Convention on Biological Diversity”.

Antes disso, o Dia Internacional da Biodiversidade era celebrado em 29 de dezembro, data em que entrou em vigor a Convenção da Diversidade Biológica.

Fonte Assessoria de Comunicação do CFMV