Até dezembro, o Grupo de Trabalho (GT) criado pela Portaria nº 10, de 8 de fevereiro de 2021 vai auxiliar o Núcleo de Apoio aos Regionais (NAR) no mapeamento, análise e revisão de procedimentos de fiscalização. O grupo deve sugerir novas estratégias de fiscalização e auxiliar no planejamento e execução de treinamentos para os Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (CRMVs).

O GT realizou sua primeira reunião, no dia 11 de fevereiro, com a presença da médica-veterinária Ana Elisa Almeida, vice-presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV). “Por meio do NAR, queremos auxiliar os regionais em várias frentes, especialmente na fiscalização”, garante Ana Elisa. O grupo se encontrará novamente, nesta sexta-feira (19/2), por videoconferência, na qual deve concluir o planejamento de trabalho para 2021 e debater um modelo de questionário para que se faça um diagnóstico da situação da fiscalização nos regionais.

Segundo o coordenador do NAR, Igor Andrade, o objetivo do grupo é estreitar as relações com os CRMVs e buscar melhores alternativas para fiscalizar de forma eficiente e eficaz. “Além dos treinamentos, vamos trabalhar para padronizar a fiscalização no Sistema CFMV/CRMVs”, assegura Andrade, responsável pela presidência do GT.

O GT ainda conta com a participação de cinco médicos-veterinários, todos com experiência na atividade de fiscalização nos regionais: Ana Carolina Siqueira Gonçalves de Assis, fiscal do CRMV-MS; Fernando Zacchi, assessor da presidência do CFMV e ex-fiscal do CRMV-SC; Rafael Stédile, fiscal do CRMV-PR; Rafaela Carolina Lopes Assis Luns, fiscal do CRMV-MG; e Raquel de Sousa Braga, fiscal do CRMV-GO.

Assessoria de Comunicação do CFMV