12 de setembro de 2016

O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) formou uma nova comissão, voltada para o assessoramento sobre aspectos relacionados à regulação, à higiene e às propriedades nutricionais dos alimentos.

Caberá à Comissão Nacional de Alimentos (CNAL/CFMV) propor a edição de normas relacionadas à atuação do médico veterinário em todas as fases da cadeia produtiva e de consumo de alimentos de origem animal. Também estão incluídas nas atribuições da CNAL/CFMV as questões relacionadas a aditivos alimentares, pesticidas, resíduos de medicamentos veterinários, substâncias contaminantes, rotulagem, classificação, métodos de amostragem e análise de riscos.

A comissão irá apresentar posicionamento técnico quanto a propostas de resoluções e demais atos que regulamentem o exercício da Medicina Veterinária, assim como de harmonização da legislação relativa ao exercício profissional da profissão às demais normas, diretrizes e códigos. Entre as atribuições da comissão está, ainda, a elaboração de pareceres técnicos que possibilitem o atendimento a consultas feitas ao CFMV.

A comissão será comporta pelos médicos veterinários Alexander Welker Biondo, professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR); Ricardo Moreira Calil, fiscal federal agropecuário e professor do Centro Universitário Faculdades Metropolitanas Unidas; Valéria Rocha Cavalcanti, secretária-geral do Conselho Regional de Medicina Veterinária do estado da Paraíba (CRMV-PB); Gisela Corneli Hutten, da Superintendência de Vigilância e Fiscalização Sanitária em Alimentos e Nutrição (SVFSAN) da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses (Subvisa) do município do Rio de Janeiro; e Marili Gramolini Garcia Winckler, consultora em análise de alimentos.

A médica veterinária Marili Gramolini é um dos profissionais que ilustram a Campanha do Dia do Médico Veterinário promovida neste ano pelo Sistema Conselhos Federal e Regionais de Medicina Veterinária (Sistema CFMV/CRMVs), que, assim como a criação da CNAL, procura dar mais visibilidade às diferentes áreas de atuação do médico veterinário. Em seu depoimento, Marili fala sobre a sua carreira e sobre o papel do médico veterinário na garantia de alimentos inócuos para consumo pela população.

A presidência da CNAL/CFMV será definida pelos membros em sua primeira reunião ordinária.

Saiba mais: Campanha publicitária exalta a amplitude do trabalho do médico veterinário

Fonte Assessoria de Comunicação do CFMV